Acompanhantes Lux Brasil
Anunciar Motéis Vídeos Ensaios

Deixando o Vizinho com Tesão


Como de costume, minha Mulher havia tomado o seu banho e havia saído do banheiro só de toalha. Era por volta das 16:00h e o sol da tarde batia em nosso quarto. A janela estava aberta e minha Mulher ficava no espelho próximo à janela se arrumando. Tirou a toalha e ficou toda nua penteando o cabelo e se olhando no espelho. Daquela posição, Ela ficava visível, da cintura para cima, de um prédio um pouco próximo. Como Ela gostava de ser vista, não se importava. Às vezes falava com Ela para fechar a janela, mas não adiantava, Ela sempre falava que esquecia.
Naquele dia Ela viu que havia um Homem de meia idade na janela do prédio em frente, escondido e olhando ela se arrumar. Estava deitado na cama, apreciando o corpo lindo da minha Mulher, que se arrumava nua em frente ao espelho, quando Ela me falou que havia um Homem olhando e Ela ia deixar Ele doidinho de tesão.
Ela colocou a calcinha e começou a massagear os seus seios. De perto da janela o Homem só podia ver os seus seios. Ela massageava, examinando, com fazia sempre depois do banho. Ela olhava, sem o Homem perceber e via que Ele devia estar se masturbando.

– Querido, tem alguém batendo uma punheta vendo os meus seios, vamos deixar Ele louquinho daqui a pouco.
Fiquei rindo e nem imaginava o que Ela iria fazer. Da nossa cama, que era alta, onde estava deitado, o Homem da janela dava para ver tudo. Minha Mulher, só de calcinha, subiu na cama e ficou em pé, com as pernas abertas e Eu deitado apreciando. Ela começou a dançar, mexendo a cintura e puxava a calcinha, que ficava bem enfiada no seu reguinho e na sua bundinha. A calcinha vermelha de lycra toda enterrada, deixava aparecer sua vulva gostosa, Seus seios mexiam, conforme a dança que Ela fazia e eram bem firmes, apesar da idade, que não parecia que Ela tinha, pois dava banho em muitas Mulheres de trinta anos.
Ela começou a descer e subir, encostando a sua bucetinha no meu pau e olhava às vezes, vendo que o Homem já estava bem doido com a visão dela.
– Venha querido, vamos deixar o Homem contente.
Ela me puxou, tirou o meu calção e camisa. Ela deitou e começou a me chupar. De cima da cama tudo era visível e cada vez mais Ela me chupava e olhava para o Homem que procurava se esconder mais, para não pararmos com a brincadeira e se mexia atrás da cortina, dando a entender que daqui a pouco iria gozar.
Como já estava com o pau bem duro, minha Mulher ficou em pé de novo e tirou a calcinha bem devagar, como estivesse fazendo strip tease. Ia tirando bem devagar e se virava às vezes, deixando o Homem, que olhava da janela do prédio em frente, maluco.
Depois de tirar toda a calcinha e jogar do lado, Ela foi segurando o meu pau e foi sentando bem devagar, acomodando o meu pau na sua bucetinha. Ela olhou de novo e riu, pois a cortina cada vez mais balançava, indicando que o Homem já estava bem excitado.
Depois de colocar o meu pau todo dentro da sua bucetinha, Ela começou a mexer, num movimento de vai e vem, sentando bem gostoso no meu pau. Meu pau estava bem duro e cheio de tesão, vendo o corpo da minha Mulher, como os seus seios firmes, balançando no seu movimento de sentar e levantar em cima do meu pau. Ela começava a gemer, mexendo nos seus seios e passando a língua em seus lábios. Mexia cada vez mais e olhando para a janela do vizinho, viu que a cortina, não parava de mexer e o Homem estava com os lhos arregalados e já nem se importava de esconder muito. Isto a deixava excitada e cada vez mais, Ela mexia bem gostoso, com o meu pau dentro da sua bucetinha. Logo Ela reparou que a cortina parou de mexer e o Homem havia saído. Já devia ter gozado ou a sua Mulher o havia pego se masturbando e olhando a vizinha. Logo minha Mulher gozou gostoso no meu pau e Eu gozei também bem gostoso. Saindo de cima do meu pau, Ela olhou com mais atenção para a janela, de onde via o Homem que estava se masturbando, e viu uma Mulher de cara fechada fechando a cortina. Devia ser a Mulher do Homem e a essa altura Ele devia estar em apuros. Ela riu e acabou de se vestir, fui até o banheiro me limpar, e me vesti também, pois iríamos sair daqui a pouco, para aproveitar a noite que estava começando. Esta é uma nova estória…


Outros contos eróticos


Ver mais contos eróticos >>

Palavras mais pesquisadas

Este site possui conteúdo adulto, você tem mais de 18 anos e deseja entrar?



SIM NÃO